Matrox: VRT confia no Monarch Edge em testes remotos de produção

Matrox: VRT confia no Monarch Edge em testes remotos de produção


Televisão belga VRT explora possibilidades de produção remota com Monarch Edges, da Matox

O impacto da pandemia fez com que a VRT, rede de televisão e rádio pública belga, repensasse seus fluxos de trabalho. Para se adaptar à nova situação, a emissora iniciou uma série de simulações para testar equipamentos de produção remotamente. Assim, decidiu usar os codificadores e decodificadores Monarch Edge, da Matrox, para várias dessas coberturas. O teste inicial consistiu na transmissão de um concerto na Ancienne Belgique, casa de espetáculos contemporânea localizada no centro histórico de Bruxelas (BEL).

Os sinais de duas câmeras SDI foram alimentados no dispositivo de codificação Monarch Edge 4: 2: 2 de 10 bits. Em paralelo, uma mixagem estéreo foi enviada do console de som usando a entrada de áudio balanceada do codificador. A solução transportou essas fontes usando o protocolo de streaming SRT a 1080i e 20 Mbps pela Internet pública. As imagens chegaram à sala de controle de produção da VRT, também localizada em Bruxelas, sendo recebido pelo dispositivo de decodificação Monarch. Os sinais decodificados foram enviados como SDI e com áudio embutido para o ambiente de produção ao vivo, onde os produtores cortaram entre as duas câmeras e adicionaram gráficos.

Novas soluções para streaming
Do ambiente de produção ao vivo, dois sinais de vídeo SDI foram alimentados em um segundo codificador Monarch Edge. Um desses sinais era um sinal de programa produzido que servia como canal de retorno, enquanto o outro era um multiviewer composto de sinais brutos de câmera A e B. O codificador Monarch EDGE transportou os sinais pela Internet para a Ancienne Belgique, novamente a 1080i e 20 Mbps. Na Ancienne Belgique, outro Edge decodificou os dois sinais de retorno, que podiam ser vistos em vários monitores localizados na sala.

“Matrox Monarch Edge provou ser indispensável para nossos testes de produção remotos. A combinação de conectividade SRT e latência ultrabaixa, codificação de vídeo sem perdas torna o Monarch Edge uma ferramenta poderosa que permitiu que nossa equipe de produção de mídia ao vivo testasse com facilidade”, declarou De acordo com Floris Daelemans, Pesquisador de Inovação de Produção no Video Snackbar da VRT.



Link da fonte

Compartilhe


Chame no WhatsApp