Cerimônia oficializa uso da faixa estendida de FM

Cerimônia oficializa uso da faixa estendida de FM


Para encerrar as comemorações da Semana Nacional das Comunicações, nesta sexta-feira (7), foi realizada a cerimônia de oficialização do ato que autoriza o uso da faixa estendida de FM (eFM) no processo de migração de rádios AM para FM.

Com a presença do secretário de Radiodifusão do Ministério das Comunicações, Max Martinhão e de representantes da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), foi virada a chave que deu início às operações ao uso da eFM.

Neste primeiro momento, nove emissoras deverão ter autorização para operar em caráter experimental ou científico: Rádio Cultura Brasil (São Paulo/SP), Rádio Capital (São Paulo/SP), Rádio Jornal Recife (Recife/PE), Rádio Liberdade (Porto Alegre/RS) e EBC em cinco capitais (Brasília/DF, São Paulo/SP, Recife/PE, Rio de Janeiro/RJ e Belo Horizonte/MG).

A ABERT participou dos estudos de viabilidade da eFM, resultante do remanejamento do espectro utilizado pelos canais 5 e 6 da TV analógica (76 a 88 MHz), e que permite a inclusão de emissoras AM que optaram pela migração para o FM. Com o fim do desligamento analógico de TV, a nova faixa está quase totalmente desocupada, permitindo a ocupação pelas emissoras de rádio.

“A eFM ajudará a solucionar os problemas das emissoras que pretendem migrar e não têm condições, por falta de espaço na faixa atual”, afirma Flávio Lara Resende, presidente da ABERT.

Em mensagem gravada, o ministro das Comunicações, Fábio Faria, comemorou a novidade.

“Hoje é um dia muito importante para a radiodifusão brasileira. Estamos iniciando a transmissão na faixa estendida FM. Com a ampliação da faixa FM em 12 MhHz, teremos mais 60 canais de rádio, atendendo a uma antiga reivindicação do setor de radiodifusão. Agora, nas praças do Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Salvador, Recife, Curitiba e Porto Alegre, onde o espectro já se encontrava esgotado, as emissoras que operam em AM poderão transmitir sua programação entre 76 MHz e 88 MHz”, disse o ministro.

Para ouvir o áudio do ministro, clique AQUI



Link da fonte

Compartilhe


Chame no WhatsApp