tudoradio.com | Anatel adia novamente o leilão do 5G. Cronograma pode ser empurrado para novembro

tudoradio.com | Anatel adia novamente o leilão do 5G. Cronograma pode ser empurrado para novembro


A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) adiou nesta segunda-feira (13) a conclusão da análise do edital do leilão do 5G, após pedido de vista feito pelo conselheiro Moisés Queiroz Moreira. A data para retomada da discussão não foi definida. O ministro das Comunicações, Fábio Faria, lamentou o adiamento e aponta perda milionária para o país se houver atraso na implementação da nova tecnologia.

O 5G deverá impulsionar todo consumo de serviços digitais, passando por aí o interesse do meio rádio, que já experimenta um crescimento de sua atuação on-line. As regras para o leilão foram avaliadas durante reunião extraordinária do Conselho Diretor da Anatel. Na reunião, foram discutidos ajustes no edital para a disponibilização do espectro de radiofrequências para a prestação dos serviços de telecomunicações pelas operadoras.

Segundo a Anatel, serão disponibilizadas as frequências de 700 MHz, 2,3 GHz, 3,5 GHz e 26 GHz. O 5G é uma nova tecnologia que amplia a velocidade da conexão móvel e reduz a latência, permitindo novos serviços com conexão com segurança e estabilidade que abrem espaço para o uso de novos serviços em diversas áreas, como indústria, saúde e agricultura, e na produção e difusão de conteúdos.

O ministro Fábio Faria citou cálculos, atribuídos a estudos da Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, que apontam perda milionária para o país se houver atraso na implementação da nova tecnologia. “Nas nossas contas, estamos falando de um projeto que vai ter US$ 1,2 trilhão nos próximos anos para o Brasil, que representa 2,8 bi por mês de prejuízo, caso a gente demore a implementar. Portanto, um pedido de vista desses representa em torno de R$ 100 milhões por dia. Então, o conselheiro sabe da importância desse tema para o país. Já entramos em contato com ele, [dissemos] que aguardamos as perguntas, os questionamentos, que poderiam ter sido feitos antes da votação, que nós já teríamos respondido”, ressaltou o ministro.

A proposta de leilão tem valor previsto de R$ 44 bilhões e está estruturada com foco em investimentos e oferta da tecnologia a todos os municípios com mais de 600 pessoas, e não na arrecadação de recursos para o governo. Após a reunião, o presidente da Anatel, Leonardo Euler de Morais, falou sobre a complexidade do edital e disse que a análise da agência trará mais rigidez à licitação. 

Segundo Morais, o edital é maior certame licitatório realizado na história do Brasil. Ele informou que, em 20 anos, R$ 160 bilhões deverão ser investidos obrigatoriamente pelas operadoras, inclusive a cobertura de 30 mil quilômetros de rodovias federais. “Tão importante quanto o tempo de deliberação é a forma de deliberação, a forma como tem sido construído esse edital para que ele não tivesse um viés arrecadatório, mas um viés com muitos compromissos de investimentos, como nunca feito antes história do Brasil, sem precedentes no mundo inteiro”, afirmou.

Veja também
> Rádio e demais setores econômicos acompanham processo do edital do leilão do 5G

Com informações da Agência Brasil

Tags:
Rádio, 5G, internet, digital, leilão Brasil, rede, conexão, dados, streaming




Fonte de pesquisa, disponível em:  https://tudoradio.com/noticias/ver/26078-anatel-adia-novamente-o-leilao-do-5g-cronograma-pode-ser-empurrado-para-novembro , 2021-09-14 10:07:00 ou clique aqui, para ler na íntegra.
O material RSS “tudoradio.com | Anatel adia novamente o leilão do 5G. Cronograma pode ser empurrado para novembro”, publicado nesta página, é um compartilhamento de outros sites e portais, todos os direitos, responsabilidades e créditos são dos seus idealizadores e autores. Nosso objetivo é contribuir com esse compartilhamento para que todos tenham acesso a informações sérias redigidas por instituições de credibilidade.  

Compartilhe


Chame no WhatsApp