Grabyo usa AWS para alimentar prévia de produção remota ao vivo de 5G

Grabyo usa AWS para alimentar prévia de produção remota ao vivo de 5G


Usando AWS Wavelength, a Grabyo realizou uma prévia pública bem sucedida de uma solução completa de produção de vídeo remoto ao vivo alimentada pela tecnologia 5G. O fluxo de trabalho demonstra como 5G e edge computing podem fornecer uma experiência de produção flexível, remota e multilocal que rivaliza com as ferramentas tradicionais de produção no local e remota (REMI). O fluxo de trabalho foi testado tanto em Londres quanto em Nova York usando redes 5G fornecidas pela Vodafone e Verizon, e operou em duas zonas de comprimento de onda AWS diferentes. O AWS Wavelength leva os serviços de computação e armazenamento AWS para a borda das redes sem fio 5G.

No local de origem, câmeras HD e codificadores de vídeo foram conectados a roteadores 5G, o que forneceu a contribuição alimenta diretamente a uma zona de comprimento de onda AWS. O sistema de produção em nuvem foi armazenado dentro da zona de comprimento de onda AWS para receber sinais de vídeo de ultra baixa latência e fornecer capacidades de produção ao vivo, como switch de câmera, mix de visão e áudio em tempo real na borda da rede.

Os membros da equipe de produção, usando apenas um laptop e um navegador da Web, conectados à Sala de Controle do Produtor Grabyo, permitiu colaborar de múltiplos locais em tempo real para produzir o evento ao vivo em latência ultra-baixa. Durante os testes, as empresas testemunharam velocidades de banda de 5G de até 240 Mbps de download e 45 Mbps de upload, e uma latência de ida e volta tão baixa quanto 9ms. Estes resultados proporcionaram aumento significativo na velocidade quando comparados com seus equivalentes de 4G.

Ao contrário da produção tradicional de vídeo ao vivo, esta configuração oferece uma flexibilidade considerável, permitindo que as equipes de produção trabalhem a partir de locais remotos em um ambiente colaborativo, enquanto reduz a latência associada à produção de nuvens utilizando o AWS Wavelength. A produção em nuvem elimina a necessidade do hardware tradicional, infra-estrutura e recursos humanos necessários no local para a produção ao vivo, enquanto que a conectividade 5G permite a livre circulação de câmeras e locais de captura.

Os resultados indicam que, uma vez que 5G esteja disponível em todos os lugares, permitirá o transporte e a produção de vídeo de latência ultrabaixa sem cabos, diretamente das câmeras 5G para a mistura de visão e produção ao vivo na nuvem. No futuro, o 5G para a produção de vídeo ao vivo permitirá às emissoras e empresas de mídia aumentar a mobilidade e flexibilidade das equipes de produção, reduzindo a dependência de conexões de alto custo, fibra fixa ou satélite, sem o compromisso de qualidade e custo. Com uma infra-estrutura de trabalho confiável e remota, utilizando 5G e a nuvem, reduzir a quantidade de viagens aéreas, rodoviárias e ferroviárias também ajudará a reduzir significativamente a pegada de carbono para a produção de vídeo.

Este trabalho conceitual é um passo significativo para a produção de vídeo baseado em nuvens, uma vez que as redes 5G continuam a se implantar nos principais mercados da Europa, América do Norte e Ásia.

A Grabyo tem a missão de fornecer ferramentas de produção para radiodifusão na nuvem, e este projeto mostrou o verdadeiro potencial dos serviços de produção na nuvem na substituição do hardware tradicional e do equipamento local. Segundo Mun Wai Kong, CTO da Grabyo, este foi um grande passo rumo a esse futuro e “estamos entusiasmados com os desenvolvimentos com AWS Wavelength e produção de vídeo 5G que se tornarão uma parte importante da indústria de vídeo nos próximos anos”.

Você pode baixar o relatório completo AQUI.


Fonte de pesquisa, disponível em:  https://panoramaaudiovisual.com.br/grabyo-usa-aws-para-alimentar-previa-de-producao-remota-ao-vivo-de-5g/ , 2021-11-25 01:45:48 ou clique aqui, para ler na íntegra.
O material RSS “Grabyo usa AWS para alimentar prévia de produção remota ao vivo de 5G”, publicado nesta página, é um compartilhamento de outros sites e portais, todos os direitos, responsabilidades e créditos são dos seus idealizadores e autores. Nosso objetivo é contribuir com esse compartilhamento para que todos tenham acesso a informações sérias redigidas por instituições de credibilidade.  

Compartilhe


Chame no WhatsApp